Mensagem do Provedor

A todos os que visitam este portal, sejam bem-vindos à Misericórdia N.ª S.ª dos Milagres.

Através deste portal, pretendemos dar a conhecer esta instituição e o trabalho social desenvolvido através das diversas respostas sociais mas também abrir a “nossa porta digital” a todos quanto queiram entrar por bem.

Na iminência de completar 85 anos de existência, esta Misericórdia ainda com um passado recente, sempre pautou as suas ações na difusão do bem e do amor pelo próximo. Por isso mesmo, não posso deixar aqui, de manifestar o meu apreço e gratidão por todos os meus precedentes no cargo de Provedor, beneméritos e Irmãos que sempre contribuíram com o seu empenho e dedicação para o futuro expansivo desta instituição. Afinal, o passado erigiu o nosso presente.

A pensar sempre nos mais desfavorecidos e desprotegidos no que concerne à proteção na doença, invalidez, apoio na velhice e infância, esta Misericórdia, nos últimos anos incrementou a criação de novas respostas sociais e melhoramento das existentes para colmatar necessidades sentidas na comunidade. Para se constatar da grandeza hodierna desta instituição, basta dizer que a sua missão solidária estende-se por: 1 creche, 1 jardim-de-infância, 1 ATL, 2 lares, 2 centros de dia, 2 serviços de apoio domiciliário, 1 unidade de cuidados continuados e uma clinica de saúde. Também e não menos importante, colaboramos no Programa Comunitário de Apoio Alimentar a Carenciados (PCAAC) e no Plano de Emergência através da Cantina Social.

Assumindo o seu dever solidário e de contributo na resolução de situações e de problemas sociais que visem minorar situações de exclusão social, surge esta instituição, inevitavelmente, como parceira de referência na Rede Social e Núcleo de Intervenção Local.

Cumpre e desempenha esta digníssima instituição um papel preponderante nestes setores mas assume igualmente um papel importantíssimo no desenvolvimento local, nomeadamente, através da criação de oportunidades de emprego.

E porque as pessoas e o seu bem-estar são o cerne da nossa intervenção, zelamos pela qualificação dos nossos colaboradores e serviços sempre com o intuito de cuidar e servir melhor. Através da certificação desta instituição, que já conta com uma existência de 8 anos, procuramos acompanhar as exigências dos tempos modernos, adaptando e modernizando dentro das possibilidades, o nosso “modus operandi”.

Tal envergadura, só foi e é possível, naturalmente, com trabalho árduo e persistência pois as dificuldades são constantes e acrescidas pela atual crise, que reduz a possibilidade das Misericórdias em geral, obterem financiamento junto das Entidades Públicas. Mas cada dia é uma missão e cada nova aurora, uma superação.

Continuaremos por isso, a debater pelos ideais que nos sustentam e nos alentam diariamente sempre a pensar no bem de todos que desta nobre casa dependem e de todos aqueles que queremos também abraçar.

Conto para a continuidade deste feito, com o apoio e competência da equipa que me acompanha, de todas entidades publicas e privadas, da igreja através dos seus diversos movimentos, dos voluntários, de todas as pessoas de boa vontade, material e moral e de todos os colaboradores que diariamente se dedicam nesta causa que é de todos. Com a ajuda, esforço e empenho de todos cuidaremos melhor daqueles que são a nossa verdadeira motivação e razão da essência da nossa existência, os utentes. Acredito por isso, na solidariedade de todos, que dão não o que sobra mas o que faz falta, e por este ser o sentimento que melhor traduz o respeito pela dignidade humana.

Chegados a este patamar, descobrimos as belezas que sente nosso coração por ter feito o bem.

È com esse desígnio e esse propósito que olhamos em frente e descobrimos as belezas, eventualmente ignoradas, que pressentimos como precioso auxílio da nossa padroeira – Nossa Senhora dos Milagres.

Grandes serão as dificuldades, maior a nossa fé e incomensuravelmente maior a proteção sempre dispensada a quem luta por servir o bem.

A todos quanto nos apoiaram, nos apoiam e venham a apoiar, o nosso Bem-Haja!

Serafim Oliveira Soares